Arquivo da tag: meus 8 anos

Aprendendo poesia na escola

Dos livros que tive antes da leitura me pegar de jeito, o livro de português do Ensino Médio é o que eu tenho mais saudade. Eram bem uns 3 quilos me acompanhando durante aqueles anos de luta para por fim, entrar na faculdade.

Passava horas relendo seus poemas ao invés de “estudar”.

Minha professora nesta época era uma mulher incrível – Aparecida Bonatto o nome dela – fez com que eu e outros tantos meninos perdidos apreciassem poesia e prosa. Nesta ordem.

Este livro que eu só conheço pela capa, marcou definitivamente meu conhecimento sobre a poesia na literatura portuguesa.  Para cada acontecimento que vivencio até hoje, um fio da meada desse livro é puxado e lá estão os principais versos da história da nossa língua.

No auge da adolescência, pior que estudar História Antiga e História Moderna ao mesmo tempo, era entender as fases da literatura com tantos nomes e datas. Por consequência, tenho em minha mente um único poema que marca até hoje meus 16 anos e resume como eu e muitos jovens estudantes entendem as escolas literárias:

meu poema preferido

 

Por Patrícia Bedin